.posts recentes

. É só domingo

. Passear comigo

. Abre e vê

. Hábito ou necessidade

. Lágrimas

. Calor e coração

. ...

. Manhã de nada

. ...

. Ignorante

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Segunda-feira, 22 de Junho de 2015

Tenho pouco para dizer

mas vou tentar escrever sobre um assunto nobre. Assim, pensando em pessoas que são todos e eu, algures neste caminho sinuoso, apetece-me comentar uma notícia televisiva. Ouvi e vi uma família de cinco pessoas formada pelos pais e três filhos, sendo dois ainda menores, que enfrentam uma situação terrivel de doença: quatro deles sofrem de cancro. Pâncreas o pai, estômago a mãe, leucemia o filho mais velho, com  apenas quinze anos. Não há apoios, não pode haver trabalho porque há doença. Que fazer perante tanta dor? A reportagem tem por fim acordar os corações adormecidos e implorar a dádiva de Amor que é urgente. Quem tem elevados depósitos bancários pode não ter ouvido, mas os Hospitais, onde o drama se desenrola, nâo podem chamar a Segurança Social ou as Misericódias ou sei lá o quê? E por aqui me fico.


publicado por velhoparafuso às 18:40

link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 20 de Junho de 2015

Quando tudo parece fácil

As cores e as luzes encheram o jardim. O calor da época trouxe as sensações boas das festas populares quando íamos todos passear, para minha alegria e da minha irmã. E perto da nossa casa instalava-se uma espécie de feira, com farturas e carrinhos que subiam uma rampa, o que dava um delírio fantástico na descida. Ontem lembrei tudo. O jantar, o movimento, a música e o motivo porque estávamos todos ali, decrépitos alguns, outros tentando esquecer as limitações a que estão sugeitos. Felizmente que há muita gente jovem e sem medo de enfrentar as tarefas dificeis a que se propõem. É com muita gratidão que vivo tudo e tento encontrar a alegria que sempre me acompanhou na vida. E digo encontrar porque nem sempre sei onde está. Mas tristeza "não tem fim, felicidade sim". E para que tudo fosse perfeito "eu vi o menino" dormindo, o Rodrigo da mensagem que eu recebi do meu céu.


publicado por velhoparafuso às 19:01

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Junho de 2015

A insegurança

Já fui outra. Tirei da Vida imagens lindas que hoje me suportam. Mas não a ponto de me suavisarem os trilhos que agora são as antigas estradas. Com orgulho legítimo vou recordando a vontade, a força para fazer, o gosto de ser eu, de acordo com o mais íntimo que há em nós. Muitos sonhos, muitas realizações. E por vezes só contra o mundo. Perdi muito mas perdi sabendo. As consequências naturais iam surgindo, enquanto o benefício da aprendisagem me dava garra para continuar. Por isso gosto de fazer estas comparações, ontem, muitos ontem e hoje, apenas hoje. Este hoje em que peço auxílio, um braço jovem como amparo, uma presença carinhosa como de alguém que nos é próximo. E que ao meu agradecimento apenas responde: estou aqui para isso, para lhe dar conforto e paz. Esta são as palavras que encontrei para definir o mundo em que vivo.


publicado por velhoparafuso às 18:29

link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 6 de Junho de 2015

carta a um Amigo

Sempre me conheceste. Não vais achar estranho eu escrever-te mais uma vez. Se quiseres publicar as minhas cartas, podes fazê-lo, embora haja segredos entre nós. Esses, evidentemente, serão sempre só nossos. E como  Tu sabes quais são, estou tranquíla. Agora que estou vivendo uma vida mais só, precisei de Ti. É por isso que devo escrever-Te, não para pedir ou usar amabilidades mas para agradecer. Sabes, desde a nossa última conversa, como foram díficeis estes meses. Deste-me as ajudas pedidas, cada uma a seu tempo, sugerindo os actos necessários ao fim a atingir. As consequências foram aparecendo e neste momento em que escrevo, sinto-me liberta. Já estou responsável só por mim, aguardando, como sempre a Tua resposta a todas as minhas exitações. Deste-me novas tarefas, estou cumprido. Também me deste forças e alegrias para ir gozando a Primavera. Farei, em teu Nome, se o meu coração entender a mensagem. Áté outra carta, não sei quando. Está um dia lindo e deves saber como estou serena.


publicado por velhoparafuso às 11:54

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


.tags

. todas as tags

.favorito

. Maratonistas

. o que acontece?

. Ida e volta

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds