.posts recentes

. Perder e experimentar

. Hoje é dia de parar

. O primeiro telefone e os ...

. Os limites

. Os dedos e o garfo ...

. Entre o vento e o olhar

. O que tenho feito (vivido...

. Escrita mental

. Sei que nada sei...

. O verão que não é

.arquivos

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Sábado, 15 de Setembro de 2012

Entre o sim eo não

{#emotions_dlg.meeting}Entre o sim e o não há nuances com vários aspectos, alguns de dificil definição para um pensamento línear e pouco habituado a racicíonar, divergindo da normal objectividade. Por isso faço um esforço e tento buscar palavras representativas de ideias que vão surgindo à medida que encontro as nuances que julgo existirem. Assim, encontro o talvez, o adiamento da decisão, o recuo, tanto para o sim como para o não, a ignorância, amparada pela forma alheada de ser distraído, e muito mais haverá. Sei que este assunto não interessa para o dia a dia, pelo menos na época actual. Mas é um exercício como outro qualquer, evitando ou tentando evitar a morte dos tão falados neurónios. Pretendo assim usar a escrita, tal como a leitura, como elemento de prazer, de ampliar conhecimento e de alegria. Confrontada com barreiras postas no meu caminho e que devo e quero superar, eis-me em busca das pequenas satisfações  que o atrevimento intelectual provoca. E como só eu sente o "comigo" o "si" e o resto que fora do "mim" é nada, termino por hoje, idiotamente feliz.


publicado por velhoparafuso às 17:53

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.tags

. todas as tags

.favorito

. Maratonistas

. o que acontece?

. Ida e volta

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds