.posts recentes

. O calor nos meus dias

. Meia hora de vida

. Saudade de mim

. As noventa primaveras

. Ao Pai

. Afinal ainda estou por aq...

. O poder da palavra

. Dia de chuva

. Entender este tempo

. Em guarda

.arquivos

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Quinta-feira, 13 de Março de 2014

A amizade

Há mais de sessenta anos, num belo salão, fizemos o nosso juramento para a vida e que ainda hoje nos sustenta. Juramos fazer respeitar a Constituição de 1933 e também o repúdio ao Comunismo. E assim começámos a trabalhar e a ganhar o pão de cada dia. Vivemos em contacto, cada uma no seu caminho, em projetos muito diferentes. Vieram as dificuldades, as dores, as ausências e os cabelos brancos a brilharem nos sorrisos. E o tempo, o tempo de todos nós, trazendo e levando o bem e o mal de todos os dias. Amigas, gastamos os nossos encontros à mesa do restaurante, onde rimos e quase choramos, ao recordar tantas fases das voltas que a Vida nos fez dar. Agora, olhamos as diferenças em como viver, em como falar e até em como amar, que nos distingue de quem vai passando. E rimos e estamos presentes, como em Fevereiro de 1953, assinando o pacto da Amizade.


publicado por velhoparafuso às 18:43

link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Teresa a 15 de Março de 2014 às 22:01
O Pacto da Amizade é de todos o mais importante.
Abraço amigo.
Teresa


De Graça Pires a 18 de Março de 2014 às 17:57
Uma longa Amizade é tão preciosa que se guarda no coração...
Um beijo, amiga.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30



.tags

. todas as tags

.favorito

. Maratonistas

. o que acontece?

. Ida e volta

blogs SAPO

.subscrever feeds