.posts recentes

. Vontade Poder

. Lamentos de domingo

. Fala interior

. Poema de ontem

. Deve ser dito que

. Como foste, como serás

. O ano velho

. Hora de inverno

. Dilemas no trabalho

. Testemunho

.arquivos

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

Sábado, 2 de Novembro de 2019

Deve ser dito que

aqui tudo é fitício. Falo de respeito, bondade, deveres, acompanhamento, etc, etc. E falo do que vejo e também do que sinto. Claro que não vou descrever situações, algumas embaraçosas, que vou memorizando dia a dia. Mas posso anotar a dependência de muitos utentes que aguardam auxilio por tempo exagerado. Cada vez há mais doentes, com muitos anos de vida. Cada vez o auxilio é menos qualificado, com pouco pessoal que possa cobrir áreas de trabalho como as que lhes é pedido. Tudo é ordenado de cima para baixo, sem uma opinião de quem aqui vive e que  tudo sustenta. Dias como os de hoje, com fim de semana ligado a feriado, não há supervisores, nem orientadores para qualquer emergência ou até para mostrar o rosto de um responsável.


publicado por velhoparafuso às 15:58

link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Teresa a 14 de Novembro de 2019 às 19:24
É triste e preocupante haver tão pouca sensibilidade da parte de quem poderia alterar a situação de molde a tornar mais fácil e cómoda a vida dos que sofrem e já dependem de ajuda para quase tudo.
Infelizmente é essa a cultura prevalecente.Há, no entanto, para nossa felicidade, os há os que fazem a diferença, com compaixão e carinho.
Se não morrermos antes,todos nós chegaremos a velhos e a precisar da ajuda de alguém. A vida é mesmo assim.
Um abraço e muita coragem.
Teresa


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


.tags

. todas as tags

.favorito

. Maratonistas

. o que acontece?

. Ida e volta

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds